sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009



Tenho lido algumas manifestações de colegas do rádio, em sites que falam exclusivamente deste veículo e devo dizer que lamento muito as reais condições deste importante meio de comunicação.
Os amadores dominaram os microfones, gente sem DRT, crianças sem a menor noção do que é estar diante da "latinha".
A falta de uma lei ou fiscalização, que pudesse garantir a existência dos radialistas, esta tornando o rádio, no mínimo vulgar.
Pessoas despreparadas, na direção, coordenação, locução, produção, promoção, programação e no atendimento.
Rádios sem metas, sem referência, sem um perfil.
Curiosos de plantão, onde colunistas são mais importantes que os comunicadores/apresentadores/locutores.Não é só no rádio que acontece esta bizarrice, nos hipermercados, lojas de grandes redes, qualquer pessoa fala ao microfone, e o pior, não são pagas para isso...se submetem a isso, para não perder seus empregos de balconistas, atendentes, etc.
Muitos radialistas oferecem sposts comerciais a R$ 20,00, colocados a disposição no Mercado Livre ou MSN, isso é uma prostituição da nossa profissão.
O que dizer do futuro?
O futuro a internet pertence.
Somente na grande rede, será possível resgatar os ideais de moral do rádio, o profissionalismo, através dos verdadeiros comunicadores, e pessoal especializado em todos os outros setores que envolvem este veiculo.
A segmentação nas programações, a qualidade na transmissão e a portabilidade do áudio, farão das web radios, o sucesso de comunicação que todos esperam.
O dial como conhecemos, esta fadado a vitrolões com locutores que dão hora certa e anunciam as promoções da emissora.
Os locutores não fazem mais passagens, é como "troca de guarda".
Lamentável isso.
A pelo menos 5 anos, venho detectando esta deterioração do rádio.
Agora, somente um milagre, para mudar todo este estado de coisas.
Comente este post: caffefm@gmail.com

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Vigilante Rodoviário Volta à TV Brasileira em Março


Em março, o Canal Brasil estréia em sua programação o seriado brasileiro Vigilante Rodoviário. O canal conseguiu recuperar 37 dos 38 episódios produzidos e vai exibi-los às segundas-feiras, 20h30, com reprises terça, 15h30 e domingo, 11h. A estréia será segunda, 09/03, às 20h30.
O seriado, que foi o primeiro filmado em película de cinema no Brasil, estreou em janeiro de 1961 pela TV Tupi e foi inspirado nos trabalhos da Polícia Rodoviária do Estado de São Paulo.

O programa apresenta as aventuras do vigilante Carlos (Carlos Miranda) e do fiel cão Lobo pelas estradas e ruas das grandes cidades, levando segurança, proteção e mensagens educativas para crianças e adultos. A bordo de um veículo Simca Chambord ou montado em uma moto Harley Davidson, a dupla se tornou rapidamente em um dos maiores sucessos da tevê na época.

O patrulheiro ficou tão conhecido que o ator Carlos Miranda acabou ingressando na Polícia Militar do Estado de São Paulo em 1965. Em 1998 foi para a reserva como tenente-coronel e até hoje participa de campanhas para a conscientização do trabalho feito pela Polícia Militar em prol da população.

O Canal Brasil pode ser visto em operadoras de TV por assinatura como Sky, Net, TVA (em algumas localizades).


Fonte-RetroTV

sábado, 7 de fevereiro de 2009

A Tribute to Elizabethtown

Maria Romanova

My Morning Jaclet - Where to Begin

Ryan Adams - Words

Elizabethtown Music Video-Coldplay

Elton John - My Fathers Gun - Elizabethtown OST

elizabethtown / shadow in me

Elizabethtown - All These Things That I've Done

Orlando Bloom ~ The Reason

Elizabethtown - Call Me Back - Wherever You Will Go

Elizabethtown - What Hurts the Most

elizabethtown - it's good to be in love

Elizabethtown- Summerlong


Essa trilha sonora foi uma grande surpresa!
Queria dividir isso com vocês.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009